quinta-feira, 31 de julho de 2014

Perícia Médica - informação sobre Exame Admissional


CONVOCAÇÃO PARA EXAME MÉDICO PRÉ - ADMISSIONAL PARA O CARGO DE AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO EDITAL SEPLAG/SEDS Nº. 03/2012
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA DE AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO DO QUADRO DE PESSOAL DA SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL.

 A Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional INFORMA: A listagem com data e horário de perícia será divulgada em 01.08.2014 (sexta-feira).
 O agendamento dos exames admissionais dos candidatos nomeados não deverá ser realizado no telefone 155. 
Os candidatos que foram nomeados já devem providenciar todos os exames exigidos no item 19.2 do Edital do Concurso. 

DATA PREVISTA PARA O INÍCIO DOS EXAMES MÉDICOS PRÉ-ADMISSIONAIS: 07/08/2014.

Fonte:  http://www.planejamento.mg.gov.br/images/Convoca%C3%A7%C3%A3o_exame_SEDS.pdf

Publicada no IOF primeiras nomeações do concurso ASP 2012


Acesse pelo Link abaixo:

http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/126946

Presidente do TJMG comenta afastamento de juiz

Amaury de Lima e Souza está preso suspeito de beneficiar traficantes.
Pedro Bittencourt comentou sobre vencimentos e perda de cargo.


Presidente do TJMG fala sobre afastamento de magistrado de Juiz de Fora (Foto: Nathalie Guimarães/G1)
Presidente do TJMG fala sobre afastamento de juiz
(Foto: Nathalie Guimarães/G1)
 

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Pedro Bittencourt, disse nesta quarta-feira (30), durante um evento em Juiz de Fora, que o juiz Amaury de Lima e Souza, que está preso suspeito de beneficiar traficantes, continua recebendo os vencimentos e que pode perder o cargo. “Se for condenado ele poderá perder o cargo, mas a aposentadoria é a pena administrativa que o tribunal pode dar. E, judicialmente, a condenação com pena igual ao superior a quatro anos acarreta a perda do cargo público”, enfatizou.
Pedro Bittencourt esteve um evento no salão do Tribunal do Júri. Foi na ocasião que falou à imprensa sobre o afastamento do juiz da Vara de Execuções Criminais (VEC) da cidade, Amaury de Lima e Souza.  Ele está preso por suposto envolvimento com crimes como o tráfico de drogas, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

O presidente do TJMG também disse que após o afastamento de Amaury, a VEC está com quatro juízes que trabalham em cooperação, sendo um deles de forma contínua, o juiz Daniel Réche da Motta. O atual responsável pela VEC informou que há muitos processos pendentes e a serem revistos. "Os processos de execução da comarca de Juiz de Fora como um todo estão sendo revistos", ressaltou.
Bittencourt também falou que há duas decisões para o caso de Amaury: uma administrativa e uma judicial. “Ele irá responder por processo e, se condenado, está sujeito a prisão e à pena privativa de liberdade e a perda do cargo público”, afirmou. Se condenado, Amaury de Lima e Souza segue para um estabelecimento penitenciário comum, conforme explicou o presidente do TJMG.

O corregedor geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio dos Santos, disse que o órgão identificou algo que poderia estar irregular na VEC em fiscalizações realizadas constantemente. Com relação à participação de outros funcionários, ele informou que a  Corregedoria está tomando providências para apurar responsabilidades.
"A investigação da Corregedoria tem processo administrativo que está em fase final. Já notificamos o colega magistrado a apresentar sua defesa prévia, que vai ser examinada. O processo será submetido ao órgão especial do Tribunal de Justiça", explicou. Segundo ele, o órgão é composto por 25 desembargadores.

Fonte: G1

Publicado no IOF correção e classificação final do 1º grupamento

Acesse no Link abaixo:
http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/126954?paginaCorrente=01&posicaoPagCorrente=126944&linkBase=http%3A%2F%2Fjornal.iof.mg.gov.br%3A80%2Fxmlui%2Fhandle%2F123456789%2F&totalPaginas=64&paginaDestino=11&indice=11

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Demora na convocação do concursados causa transtorno

Aprovados em concurso público protestam e querem convocação

Aprovados em concurso público protestam e querem convocação

Muitas são as pessoas que querem ingressar no serviço público. A instabilidade é um dos principais atrativos. Isto faz com que muito se dediquem bastante na preparação para as provas e testes. Entretanto, além das dificuldades no processo de seleção, os candidatos também sofrem com a demora na convocação.
Em 2012 os concursos de Agente Penitenciário e Agente Socioeducativo atraíram diversos candidatos, os aprovados terminaram o curso de capacitação e realizaram estágio neste ano, o que aumentou a esperança de serem convocados. No entanto, a convocação ainda não ocorreu, situação que vem gerando diversos transtornos para quem se planejou e esperava ser convocado logo que terminassem as etapas de preparação.
Fábio Jonas Cruz é um dos que tem sofrido com a demora na convocação, ele veio de outro Estado e investiu diversos recursos visando a aprovação, “eu e mais alguns amigos saímos de Pernambuco para todas as etapas do concurso onde o gasto até agora foi de aproximadamente 6 mil reais”, disse. Ele completou dizendo que enfrentou “cerca de 1900 km de carro e perigos na estrada dia e noite em busca de uma estabilidade e ao findar tudo nos deparamos com o descaso total da Seds em não convocar todos em parcela única, pois sabemos que existem contratados entrando a toda hora e os concursados tanto de perto como de outros estados do Brasil como é o nosso caso estão sendo desvalorizados.” Afirmou.
O caso de Flávio Borges também é delicado, pois chegou a solicitar o desligamento de seu serviço. “Não tenho FGTS, seguro desemprego, minhas contas todas estão no vermelho comprei um apartamento financiado já vai para a quarta prestação atrasada o banco pode a qualquer momento executar essa dívida e me tomar o AP. Minha faculdade, financiada pelo Fies, está atrasada e olhe que pago somente 50 reais por mês e mesmo assim não estou tendo condições de arcar com está despesa, minha moto está com os documentos todos atrasados.” Afirmou.
A Associação dos Agentes de Segurança Penitenciário e Sócio Educativo do Norte de Minas Gerais e os aprovados no concurso para agente penitenciário do ano de 2012, realizaram ontem em Montes Claros na avenida Deputado Esteves Rodrigues das 10h às 12h uma manifestação pacífica exigindo a posse dos aprovados no concurso. A manifestação aconteceu de maneira simultânea em outras cidades do Estado, como em Belo Horizonte.
Dentre as várias reclamações dos manifestantes destaca-se a insistência do Governo estadual em fazer contratações. No Norte de Minas existem 750 contratados e 308 concursados aptos a tomarem posse. No fim da manifestação o governo mandou um representante que vai reunir com uma comissão dos manifestantes para discutir a situação.
Em nota, a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social) informou que o concurso tem validade de um ano a contar da publicação da homologação, que foi no último dia 3 de julho. Ainda de acordo com a secretaria, a expectativa é que os aprovados sejam chamados até fevereiro de 2015.

Docentes e coordenadores do CFTP 2º Grupamento ainda aguardam pagamento

CFTP 2014 - 4º RISP

 Se não bastasse o atraso na nomeação dos novos Agentes Penitenciários de Minas Gerais, os coordenadores e docentes do curso de formação técnico profissional (2º Grupamento), ainda aguardem o pagamento das horas aulas ministradas no referido curso.
 Em contato com a empresa vencedora da licitação e responsável pela realização da 6ª etapa do concurso do 2º grupamento, ABORDAGEM COMUNICAÇÃO E MARKETING LTDA, a mesma alega que a SEPLAG/MG (Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão), ainda não liberou o recurso financeiro para pagamento dos profissionais, o prazo para o pagamento era de 30 (trinta) dias após o encerramento do curso de foramação.

 Contato para reclamações:

Abordagem Comunicação e Marketing Ltda.
(31) 3227-2219
http://www.abordagemcomunicacao.com.br 

Criada comissão para regulamentação de uniforme do Sistema Prisional

MUDANÇAS À VISTA!
Imagem: Grupamento CIESP/JF

RESOLUÇÃO Nº 1487, DE 29 DE Julho DE 2014 . Institui a Comissão Especial pela responsável elaboração do Regulamento de Uniformes do Sistema Prisional do Estado de Minas Gerais (RUSP) .

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL, no uso da atribuição que lhe confere o inciso III, SS 1º, do art . 93, da Constituição do
Estado de Minas Gerais;

CONSIDERANDO que o uso do uniforme é fator primordial para a boa
apresentação individual do servidor da Subsecretaria de Administração
Prisional, contribuindo para o fortalecimento da disciplina e imagem do
órgão perante a sociedade;

RESOLVE: Art . 1º - Instituir Comissão Especial para elaborar o Regulamento de Uniformes do sistema Prisional do Estado de Minas Gerais (RUSP), com a finalidade de prescrever os uniformes, bem como regular os cri- térios de uso, posse e confecção, que terá a seguinte composição, sob a presidência do primeiro:

Reginaldo Santos Soares – MASP 377.001-3;
Leonardo Aganette Pessoa – MASP 377.805-7
Wanderson Eustáquio Costa – MASP 377.824-8
Paulo Roberto de Souza – MASP 297.510-2
Laércio Souza Rocha – MASP 1.101.517-9
Rafael Velasco Brandani – MASP 1.214.062-0
Adeilton de Souza Rocha – MASP 376.929-6

Art . 2º A comissão constituída terá prazo de 60 dias para conclusão dos trabalhos . Art . 3º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação . Belo Horizonte, 29 de Julho de 2014 .
Rômulo de Carvalho Ferraz
Secretário de Estado de Defesa Social

FONTE::http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/126889?paginaCorrente=01&posicaoPagCorrente=126873&linkBase=http%3A%2F%2Fjornal.iof.mg.gov.br%3A80%2Fxmlui%2Fhandle%2F123456789%2F&totalPaginas=56&paginaDestino=17&indice=0

GOVERNO não cumpriu cronograma, e não nomeou ningúem na data de hoje



 Mesmo um dia após várias manifestações, por parte dos novos concursados ao cargo de Agente de Segurança Penitenciário de Minas Gerais, o GOVERNO DO ESTADO, não cumpriu o cronograma publicado pelo Secretário de Estado de Defesa Social, que NOMEARIA a partir de hoje os aspirantes ao cargo.


          COVARDIA!

 PAIS E MÃES DE FAMÍLIA DESEMPREGOS AGUARDANDO NOMEAÇÃO. 



Reunião do candidato Dep. Estadual ASP Márcio Santiago 14.789 em Cataguases e Muriaé

Reunião em Cataguases/MG


Reunião em Muriaé/MG



sábado, 26 de julho de 2014

Convite para reunião do candidato ASP Márcio Santiago na região 4º RISP


 Atenção companheiros do Sistema Prisional e novos concursados de Cataguases, Leopoldina, Muriaé e Carangola;


 O candidato a Deputado Estadual ASP Márcio Santiago 14.789, convida todos servidores do Sistema Prisional, para um encontro no dia 28/07/2014, onde apresentará suas propostas e também ouvir sugestões e demandas de cada servidor.

Segue a agenda de locais e horários das reuniões:

Dia 28/07/14 

- Às 10:00 hs, reunião com servidores prisionais das cidades de Leopoldina e Cataguases.
Local: Cataguases *Obs: Local a ser defenido.


- Às 15:00 hs, reunião com servidores prisionais da cidade de Carangola.
Local: Carangola *Obs: Local a ser definido


-Às  18:30 hs, reunião com servidores prisionais da cidade de Muriaé.
Local: Salão da pastoral da criança da Igreja Católica.
           Rua: Marcos Tareisi, S/N  Bairro: Barra


Também estarão presentes os ASP'S Raphael, Everaldo, Coord. Jardeson CIESP/JF, 
Fábio (Blog dos Agentes Penitenciários de Juiz de Fora), DS Barreto.

Participem!

Esta é a hora de elegermos um legítimo representante do Sistema Prisional para a ALMG 2015.